agosto 28, 2012

François de Chateaubriand


"Nossas ilusões não têm limites: 
provamos mil vezes o amargor do cálice e, 
não obstante,voltamos a encostar  
na beira dele os lábios nossos."

François de Chateaubriand