abril 29, 2014

Exercícios para o cérebro

Fazer exercícios para o cérebro é importante para evitar a perda de neurônios e consequentemente evitar distrações, melhorar a memória e favorecer o aprendizado. Alguns exemplos de exercícios para o cérebro são:
  • Tomar banho de olhos fechados: Não abra os olhos nem para abrir a torneira, nem para pegar o shampoo na prateleira. Faça todo o ritual do banho de olhos bem fechados. Este exercício serve para potencializar a área do cérebro responsável pelas sensações táteis.
  • Decorar a lista de compras do supermercado: Pode-se pensar nas diversas sessões do mercado ou fazer a lista mentalmente com base naquilo que precisa para o café da manhã, almoço ou jantar. Seja qual for a técnica escolhida, ela será bem aceite.Este exercício serve para desenvolver e ajustar a memória.
  • Escovar os dentes com a mão esquerda: Deverá usar músculos que são pouco utilizados, criando novas conexões cerebrais. Este exercício serve para deixar o indivíduo mais ágil  e mais inteligente.
  • Seguir caminhos diferentes para ir para casa, para o trabalho ou para a escola: Assim o cérebro terá que memorizar novas paisagens, sons e cheiros. Este exercício serve para ativar diversas áreas do cérebro ao mesmo tempo favorecendo todas as conexões cerebrais.
Outros exercícios para o cérebro são os de ilusão de ótica, quebra cabeça, sudoku, passatempo e alguns tipos de jogos de video game.
Estes exercícios favorecem as conexões cerebrais mantendo o cérebro ativo por mais tempo, resultando num rejuvenescimento cerebral e por isso o cérebro de um indivíduo de 65 anos pode funcionar tão bem quanto o cérebro de um indivíduo de 45 anos. Desde que estes exercícios sejam realizados diariamente.