dezembro 22, 2016

Doce vida

Não adianta ser doce quando a outra pessoa é diabética, relações são muitas vezes complicadas. Um dia um quer outro não, um dia um vem, mas o outro vai, de repente para sempre. 
Não adianta tentar agradar, forçar uma relação. Quando a gente gosta, gosta e ponto e não será toda uma melação que irá garantir a saudabilidade do casal. Mas dá para ter sonhos doces, esperanças doces, afinal adocicar a vida é bom, contanto que sem exagero.

do livro Recomeço por Catia Garcia