dezembro 13, 2016

É natural que nos sintamos exaustos depois de uma vida de luta. É natural que convivamos também com situações desagradáveis e desconfortáveis. Tudo faz parte desse jogo de erros e acertos, mas não precisamos com isso nos sentirmos derrotados. A nossa vulnerabilidade nos tornam fracos e a fraqueza não nos permite continuar sonhando com novas chances. É natural abrirmos mãos de alguns sonhos para dar lugar a outros e devemos continuar acreditando.


Podemos até sobreviver, mas sobrevida não é vida e sim uma felicidade disfarçada. Sempre haverão alternativas, portanto não aceite instalar-se no continente do conformismo.
Lute pelo que acredita, todo e qualquer esforço terá sua compensação.

do livro Recomeço por Catia Garcia