janeiro 31, 2017

Fenda do Tempo

Disfarçamos nossas inseguranças, encobrimos nossos medos e até maquiamos nossas frustrações. Tudo acontece de forma natural, porque desejamos preservar aquilo que antes nos parecia tão importante. Mas preste atenção: "antes" era importante, não significa que agora ainda o seja.
Não precisamos viver de migalhas, é desnecessário que acreditemos em tão pouco. Podemos ser novamente aquela pessoa que acreditava ser capaz de conquistar o melhor, tirar proveito de tudo. Não precisamos continuar apegados ao que já passou, o verbo é o presente, é nele que devemos focar.
Ninguém tem que parar no tempo, pois o tempo apesar de arrogante e apressado, ainda nos oferece novas chances de recomeço.
É preciso que encontremos novamente motivação, aquela que permitirá sermos de verdade, sem que precisemos fingir para agradar.