março 21, 2017

Quanto mais se sabe de alguém, maior a nossa cumplicidade, e uma vez envolvidos de forma tão contundente, nos cabe aceitarmos suas decisões ou nos afastarmos, quando percebermos não estarmos à altura da sua confiança.
Não é errado se afastar, errado é julgar.