março 21, 2017

Vista confiança

Entendo que uma boa apresentação pessoal abre portas, pois o desmazelo, a falta de vaidade, condena até o mais ilustre dos Homens.
A nossa imagem precisa agradar aos olhos, até e principalmente os desavisados, pois sem dúvida é prazeroso apreciar o belo. Porém,  não precisamos nos apresentar ao mundo desta forma somente para agradar os demais, embora saibamos que sermos bem aceitos nos cairá muito bem. 


É de bom tom valorizarmos o melhor também do nosso exterior, enaltecermos nossa beleza única e peculiar. Ao nos olharmos no espelho, é a nossa linda imagem que nos motiva, que nos dá a força necessária para as crueldades que haveremos de enfrentar dia a dia.
A sociedade é mesmo cruel, não há de se negar, mas nos portando como pessoas cuidadosas com o visual, seremos com mais facilidade alguém a quem se possa confiar. Quem preza a própria imagem, muito provavelmente também prezará pelo respeito mútuo, mas atenção, uma boa imagem também pode enganar.

Não é preciso desfilar nas passarelas do glamour, usufruindo de roupas caras e badulaques da moda, basta que entendamos o que nos veste melhor, o que nos favorece.
Percebemos que em dias de desânimo, mal escolhemos nossas vestes, colocamos qualquer roupa, a que estiver na frente. Esses dias tornam-se ainda mais cansativos e desanimados por conta do nosso comportamento e nos tornamos mais tristes ao nos considerarmos feios.

( do livro em andamento Deixa Passar)