maio 26, 2017

Sexualmente assimilados

Estado de graça, excitação, tesão; não importa o nome que se dê para sentimentos assim tão maravilhosos, pelo menos no momento que acontecem, são tudo. Envolvem todos os nossos sentidos, nos dão satisfação plena.
Embora o sentido num primeiro momento pareça ter apenas uma conotação sexual, é o estado de gozo, demonstrando felicidade em diversas situações que nos motivam.
Um trabalho bem aceito, uma promoção tão esperada, o reconhecimento, nos fazem um bem danado, levantam o nosso moral. Um encontro bem sucedido, cheio de alegrias, nos fazem flutuar.
Mas o libido, esse sim é o poderoso, são momentos especiais que realmente nos deixam excitados. Nosso corpo responde instantânea e sexualmente, pois os prazeres nos aliviam a carga. 
Há quem se satisfaça com um bom prato de comida, outros sentem-se despertados nas sextas feiras, afinal ela é a porta de entrada para o fim de semana, que por regra de base deveria ser feito para o descanso.
Tesão pela vida, estado de graça por uma felicidade qualquer é nosso afrodisíaco, como dinheiro sobrando na conta no final do mês. Sermos aceitos e até compreendidos, causa-nos realmente uma certa euforia.

do livro em andamento Recomeço