junho 23, 2017

Coragem de arriscar-se

Há um mundo promissor do outro lado da porta do nosso cotidiano. Gente diferente e até igual a nós.
Nossa vida não precisa ser igual todos os dias, podemos sair desse conforto, da proteção exagerada de nossas paredes. Uma vez do lado de fora, perceberemos o quão gigantescas são as possibilidades.
Observando o comportamento de outros, ganharemos atitude, coragem para descobrir a nossa capacidade de absorver mais vida.
Não devemos viver só de trabalho e responsabilidades, ser um pouco irresponsável até pode ser sadio.
Haverão caminhos que desejaremos não seguir, mas isso é interessante, pois poderemos decidir voluntariamente não escolhe-los. Fechados no nosso próprio mundo, não conheceremos o outro lado de nós e permaneceremos apenas na companhia daquele que continua acorrentado, preso as amarras das dúvidas, nos impedindo de conhecermos uma provável irreverência.
Temos capacidade de superar todos os nossos receios, basta que os confrontemos. Temos a capacidade, inclusive, de não desejarmos mudar, se for o nosso real desejo.
Somente dando a cara a tapa é que seremos mais fortes e saberemos enfrentar as dificuldades corriqueiras. Entendendo que não são apenas nós que temos problemas, saberemos lidar melhor com eles.
Destranquemos, pois, a porta da nossa insegurança, aqueçamos os novamente os motores da nossa juventude. 

do livro em andamento Histórias de nossas vidas.