junho 28, 2017

Expectativas

Como não temos o poder supremo de saber quando e como algo de muito bom ocorrerá, nos cabe apenas aguardar até que se realize, embora nenhum de nós saiba e goste de esperar.
Na véspera do inesperado, os nossos planos são claros como espelhos d'água. É pensando na realização do feito, que torna-se perfeita toda e qualquer expectativa. Planejando com antecedência, vivemos a essência duradoura desse prazer. 
Porém, mesmo que as chances sejam enormes, não há garantias e ficamos ansiosos, apressados, querendo ver os resultados... mas então influências externas impedem que o esperado aconteça.
Voltamos a estaca zero, respirando fundo e buscando nova chance, trabalhando sabiamente nas novas esperanças.
O destino não está traçado a ferro e fogo, ele pode ser alterado conforme nosso comportamento diante de como tudo se apresenta.
Confiemos, o que tiver que ser será, senão hoje, nem amanhã, talvez depois. 

do livro em andamento Recomeço