junho 03, 2017

Jogo da razão

A questão é como estabelecer limites, embora já saibamos que o espaço de um termina quando começa o do outro. Existe gente folgada demais, sem noção. Invadem-nos descaradamente, sem permissão.
Onde andam os bons modos e a educação?
Estaremos mentindo se dissermos que não vivemos situações difíceis, que não conhecemos pessoas assim. São as carentes, as que não possuem grande motivação e se privam do conhecimento básico, que é o de procurar aprovação em si mesmo, não nos demais.
Parece impossível fugir de sanguessugas e bajuladores, nada os fazem desistir, a não ser que sejamos arrogantes e também mal educados, para que então se afastem.
Se é para entrar nesse jogo do empurra, que joguemos. Embora prefiramos sapatos de festa, ainda saberemos calçar um bom par de chuteiras.


do livro em andamento Histórias de nossas vidas