junho 03, 2017

Vai ficar tudo bem



“Tudo bem no ano que vem”, título de um lindo filme de amor, que faz a gente acreditar que tudo é possível. São assim as fantasias, é para isso que servem.
Tudo ficará bem no ano e no mês que vem, não porque temos o poder de prever o nosso futuro, mas porque confiamos, acreditamos em dias melhores.
Se não fosse o nosso otimismo, a força do nosso espírito desbravador, seríamos apenas um amontoado de ossos, carne apodrecendo.
Não ficamos mais jovens, os anos nos desgastam, nos desbotam e nos enrugam, mas é apenas a aparência do nosso exterior. Quando a nossa mente permanece jovem, ela sempre estará no pique, inventando, desejando mais.
Como já dizia um poeta “ envelhecer é uma arte”, embora saibamos que nem todos sejam artistas.
Não é fácil acreditar em sonhos, verem realizados nossos planos, e sabemos não serem poucos. Não é fácil desistir e recomeçar, mas é preciso, afinal a vida não para. Perda de tempo, esse tão precioso, entregar os pontos, desistir, parar de sonhar.
Se o que idealizamos para nós não é possível, não acontece, precisamos reciclar, reinventar, pensar em novas ideias, termos novos ideais. A nossa maior motivação precisa ser a nossa alegria de viver.


do livro em andamento Encantamentos místicos