julho 14, 2017

A prova dos nove

Era somente para provar. Não estava para degustação, porém já que disponível, talvez fosse agradar.
Era somente um petisco, algo que pudesse aguçar o paladar, no entanto despertou a fome.
O curioso, é que haviam diversas opções, mas nenhuma delas parecia despertar maior interesse.
Provou uma, duas vezes, não queria bastar.  A gula tem sabor de pecado, só quem dela já provou é que entende que gosto algum pode superar. Independente de quantas vezes se prova, quando se gosta, há de se querer continuar.
A mesa permanecia posta, para nenhum dos lados quis olhar.
E acreditando na inocência, viciou-se no paladar.

do livro em andamento Recomeço