julho 17, 2017

O que passou, passou, não volta mais.
É como água de um rio, que não muda de rumo.
O que ficou pode mudar.
Depende de cada um, se prefere ser maré, mar.