agosto 03, 2017

Lugar indevido

Que mau humor é esse? Pensava que fosse passageiro, feito nuvens de tempestades, só que não. Veio meio que para ficar. Instalou-se acomodado, acreditando que fosse bem vindo.
Prepare-se, intruso corrompedor, a vida nesse vai e vem pode até não ter muita coerência, mas de sofreguidão não quero viver.
Há em mim uma abundância de emoções, que mesmo numa inconstância de bons sentimentos, mesmo que em meio a sonhos desfeitos, eu não penso em desistir. Não acredite que eu sossegarei, pois reivindicarei o espaço que me cabe. Bunda por bunda, com certeza a minha é bem maior.
Eu até posso tê-lo deixado se encostar, porque não acreditava que sua intenção fosse maldosa. Agora que já sei o seu propósito, pica mula, sai fora, vaza e vá procurar outra para atazanar.